Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid

Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid

Viva para sempre com a orquídea de sangue

Histórias e lendas sobre a juventude eterna são muito populares pelos quatro cantos da Terra. Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid é um jogo em que o objetivo é encontrar a orquídea de sangue. Uma flor muito rara e apreciada que é uma espécie de fonte da juventude. Ler descrição completa

PRÓS

  • É grátis
  • Jogabilidade muito boa
  • Gráficos bem acabados

CONTRAS

  • Não tem versão em português
  • Poucos cenários diferentes

Muito bom
8

Histórias e lendas sobre a juventude eterna são muito populares pelos quatro cantos da Terra. Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid é um jogo em que o objetivo é encontrar a orquídea de sangue. Uma flor muito rara e apreciada que é uma espécie de fonte da juventude.

Você é parte de um grupo de cientistas que se aventuram pela perigosa selva de Borneo em busca da orquídea. Em Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid a flor só desabrocha uma vez a cada sete anos e tem o poder de prolongar a vida das células humanas.

Criaturas assustadoras

Depois de sofrer um acidente em que toda a equipe técnica foi dizimada, os cientistas precisam entrar na selva e encontrar a orquídea de sangue. No caminho, encontram todo o tipo de criaturas assustadoras e inimigos misteriosos.

Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid é em 3D e você controla todos os personagens do grupo de exploradores. Cada um com características e habilidades próprias. Você conta com vários tipos de armas e completa os objetivos em missões específicas. Um jogo divertido e tenso que gruda você na cadeira. Quem quer viver para sempre?

— Aventura —

Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid

Download

Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid

— Opinião usuários — sobre Anacondas: The Hunt for the Blood Orchid

  • guilherme doidão

    por guilherme doidão

    "legalmente show"

    anacondas:The Hunt for the Blood Orchid é muito show a jogabilidad desse game é legal os gráficos são legais e o jogo é ... Mais.

    escrito em 19 de outubro de 2010